Lugares, Viagens

21/09/2014

Um Muro Alto em PE

Tags:, , , , , , , ,

Resumo

Destino: Praia do Muro Alto – PE
Objetivo: Mergulhar
Período: Janeiro
Hospedado em: Recife Bed and Breakfast
Um lugar tão bom que fui 2 vezes.

Saindo de Recife

Em Jaboatão dos Guararapes (Cidade vizinha a Recife) saímos com ajuda de um bom GPS (Waze) e fomos até a bem falada Praia do Muro Alto. Evitando pedágios, mas pegando rodovias estaduais bastante ruins.

As vias que pegamos, pensando em economizar nos pedágios, nos levaram a lugares não muito bonitos, mas ao menos tinham pouco trânsito. Algumas vezes pegamos lugares que não pareciam ter asfalto de tanto buraco. Outras vezes eram estradas de paralelepípedos, sim, isso mesmo.

A viagem é relativamente tranquila pra quem está acostumado com muito tudo. Muito carro, muita moto, muito caminhão de areia em alguns trechos. Se você esta acostumado a andar nas estradas paulistas, principalmente a Rodovia Presidente Dutra (BR116), não sentirá nada de diferente, exceto o asfalto.

Mesmo achando muito ruim, em alguns lugares ele é perfeito, então na media está igual aos das rodovias paulistas.

Chegando a praia

A recepção é muito calorosa, pois existem pessoas que te levam até “restaurantes” com estacionamento e praia praticamente privativa ao restaurante. Como sou paulista receoso, na minha primeira vez nesta praia não dei atenção. Porém ao percorrer a praia e conhecer algumas pessoas descobrimos que eles apenas estão tentando te levar para o melhor lugar da praia. Não consegui conversar com muitos deles. Alguns usam até motonetas ou aquelas Honda POP 100/50.

Percebi que eles ganham alguma coisa por cliente que eles levam. Mesmo sendo pessoas que gostam de conversar e ajudar, eu não estava acostumado a isso.

Na minha primeira vez, parei o carro bem próximo ao NANAI Resort. Posso te garantir que não é o melhor lugar para parar o carro, pois fica longe de tudo. Precisa andar muito até encontrar um Quiosque. A areia é extremamente fofa e limpa, logo, caminhar por ela é um exercício a parte.

Siga os “guris” pois eles vão te levar a alguns locais onde o carro fica bem próximo a praia, mas chegue cedo, pois depois que os noobs com tração passarem pela estrada, você pode não conseguir chegar a praia.

Locais para ficar e estacionar

Ao chegar no quiosque, observe que existem algumas palmeiras e alguns coqueiros. Se você tem amor pelo seu carro, coloque-o próximo às palmeiras. rsrs.

Estacionar pode ser um malabarismo a parte, pois os responsáveis pelo quiosque colocam troncos de árvore no chão, junto com casca de coco para evitar os atoleiros de areia fofa. Mas chegue cedo, pois carro sem tração vai passar tranquilamente antes dos noobs de tração passar pela areia.

Estávamos usando um Gol G5 alugado e foi tranquilo colocá-lo e tirá-lo dessa aventura.

A praia.

Impressionante poderia ser uma palavra pra descrever esta praia. O muro alto foi um espetáculo a parte e a caminhada próxima aos corais são um divertimento maravilhoso.

A praia é composta por uma barreira natural de corais chamada do mesmo nome da praia. Essa barreira impede das maiores ondas chegarem a praia durante a maré baixa e na maré alta, ela chega apenas como uma ondulação. É uma verdadeira piscina cheia com o mar aberto. É impressionante o tamanho da entrada de água e a quantidade de peixes que ficam presos para o lado da piscina.

Atravessar parece simples mas não é. Apesar de não ter correnteza, a distância é relativamente longa para sedentários. Com um pé de pato ou um caiaque fica bem tranquilo. Não deixe de levar os famosos “crocs”. Eles são essenciais pra você não pisar num ouriço e terminar sua viajem mais cedo.

Depois de atravessar a nado ou a remo, vc pode caminhar tranquilamente por cima do muro, vendo a arrebentação sobre o coral logo adiante. Pelo caminho, poderemos ver muitas pequenas piscinas com peixes bem pequenos. Conseguimos ver um imenso baiacu que morreu quando a maré baixou e ele ficou preso nos corais.

Bem próximo aos corais a água é turva no período da tarde, mas pela manhã é possível ver o fundo durante toda a travessia.

Vale a pena

Quando puder irei novamente. Se um dia eu pegar algum avião que tenha parada em Recife, tenha certeza que alugarei um carro e visitarei esta praia novamente.

Se você gostou e lhe foi útil o post, clique no “G+1”, “Tweetar” e/ou “Gosto”. E se deseja saber sobre a maravilhosa praia o muro alto, pergunte aqui nos comentários e lhe responderemos. Caso não queira perguntar aqui, envie para o nosso email: rodrigo@celebrandoavida.org

Viajar é investir na sanidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *